Sem categoria

Movimenta RFS: Caderneta da gestante e o culto à violência obstétrica

CADERNETA DA GESTANTE E O CULTO À VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA A Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos manifesta seu repúdio ao lançamento pelo Ministério da Saúde da sexta edição da Caderneta da Gestante, que recomenda práticas ultrapassadas, agressivas e humilhantes para serem utilizadas contra as gestantes e parturientes.  A Caderneta prevê procedimentos …

Movimenta RFS: Caderneta da gestante e o culto à violência obstétrica Leia mais »

Caso Alyne Pimentel completa 20 anos e história é contada em podcast

Série com três episódios apresenta o caso emblemático sobre mortalidade materna no Brasil Será lançado nesta segunda, 21 de março, Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, o primeiro episódio do podcast “Caso Alyne Pimentel: 20 anos”. A história de Alyne da Silva Pimentel Teixeira, uma mulher jovem, negra, moradora de Belford Roxo (RJ), vítima de …

Caso Alyne Pimentel completa 20 anos e história é contada em podcast Leia mais »

MANIFESTO DA REDE NACIONAL FEMINISTA DE SAÚDE, DIREITOS SEXUAIS E DIREITOS REPRODUTIVOS

A Rede Nacional Feminista, fundada em 1991, que congrega mulheres de todo o país, com foco na Saúde da Mulher, e atua em diferentes esferas da sociedade civil, do poder público e no parlamento, vem a público neste 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, se pronunciar nos seguintes termos: Vivemos sob Governos – não …

MANIFESTO DA REDE NACIONAL FEMINISTA DE SAÚDE, DIREITOS SEXUAIS E DIREITOS REPRODUTIVOS Leia mais »

Estudo da Rede Feminista de Saúde mapeou o perfil das menina que são mães, com idade entre 10 e 14 anos, no Brasil entre 2010 e 2019.

Em média, uma criança é mãe a cada 20 minutos no Brasil, como apontam dados do estudo da Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos do Paraná, divulgado com exclusividade pelo Portal Catarinas: https://catarinas.info/uma-crianca-e-mae-a-cada-20-minutos-no-brasil/ Objetivou-se com este estudo caracterizar as vítimas desta violência, com vistas a subsidiar debates sobre políticas públicas necessárias para a …

Estudo da Rede Feminista de Saúde mapeou o perfil das menina que são mães, com idade entre 10 e 14 anos, no Brasil entre 2010 e 2019. Leia mais »