Notas

Movimenta RFS: Caderneta da gestante e o culto à violência obstétrica

CADERNETA DA GESTANTE E O CULTO À VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA A Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos manifesta seu repúdio ao lançamento pelo Ministério da Saúde da sexta edição da Caderneta da Gestante, que recomenda práticas ultrapassadas, agressivas e humilhantes para serem utilizadas contra as gestantes e parturientes.  A Caderneta prevê procedimentos …

Movimenta RFS: Caderneta da gestante e o culto à violência obstétrica Leia mais »

NOTA DE REPÚDIO À VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA

A violência obstétrica acontece em muitas maternidades no Paraná e no Brasil e muitas vezes as parturientes silenciam, por medo ou desconhecimento. No Brasil estima-se que 1 a cada 4 mulheres sofrem violência obstétrica na hora do parto. O termo refere-se aos diversos tipos de agressão, maus tratos e intervenções desnecessárias a mulheres gestantes, seja …

NOTA DE REPÚDIO À VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA Leia mais »